É viajando que se aprende

Viagens são imprescindíveis para complementar o currículo escolar


Adulto mostrando uma localização no globo terrestre para uma criança

Tive a alegria e o prazer de recentemente levar meu filho de 10 anos para conhecer algumas das belíssimas cidades históricas mineiras. Passeamos pelo circuito histórico mineiro que compreende as cidades de Tiradentes, São João Del Rey, Mariana e Ouro Preto. Aproveitamos tudo o que podíamos: fizemos o passeio entre Tiradentes e São João Del Rey de Maria Fumaça, apreciamos a deliciosa culinária mineira, adquirimos diversas produções da cultura local, fizemos passeios turísticos de charrete e muito mais. As cidades são lindas, a arquitetura histórica é maravilhosa e nos transporta aos períodos históricos que nos fazem compreender os motivos dessas cidades serem tão importantes para a formação do nosso povo e o entendimento do que é o nosso Brasil hoje.

Essas experiências são muito significativas para a formação do repertório cultural de nossas crianças, sendo imprescindíveis para complementar o currículo escolar. A apreensão se dá de várias formas e em/com todos os sentidos. Quando meu filho saboreou a deliciosa culinária mineira, o feijão tropeiro, o frango com quiabo com todos os seus ingredientes e pratos típicos, sentiu e degustou toda uma histórica tradição que sua gastronomia exala e proporciona. Quando entrou em uma das várias belíssimas igrejas em Ouro Preto, seja na Catedral Basílica da Sé, em Mariana, ou na Igreja São Francisco de Assis, em Ouro Preto, visualizou e apreendeu seus estilos, elementos característicos e sua importância histórica na formação religiosa da cidade, além de quem, como e por que essas construções foram realizadas e com tanta riqueza de detalhes. Quando ouviu uma daquelas lindas cantigas populares mineiras, com seus ritmos animados e sotaques acentuados, ouviu e percebeu as melodias e instrumentos privilegiados e produzidos pelo cancioneiro local. Quando participou de uma atividade para a produção artesanal que faz parte da cultura local, seja assar um delicioso pão de queijo ou confeccionar um móvel ou uma daquelas resistentes panelas de pedra, tateou e apreendeu todas as características da matéria prima responsável pela maravilhosa produção artística mineira.

Aproveite essas férias para levar os pequenos para viajar. O aprendizado por experiência é excepcional e transcende as paredes da sala de aula, fortalecendo os vínculos de aprendizado sedimentando o conhecimento aprendido, tornando-o perene, pra sempre. São experiências que meu filho levará em sua mochila cultural, formas de experimentar a riqueza do mundo, contribuindo para melhorar sua linguagem e apreensão visual de tudo o que fará parte de seu cenário social e cultural no futuro. Uma apreensão por todos os sentidos, e o melhor de tudo isso é saber que é pra vida toda.


Sérgio Campelo

Sérgio Campelo

Professor, Pedagogo, formado em Letras com Especialização em Comunicação pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo. Com 20 anos de experiência no planejamento e docência de cursos de capacitação para o mercado profissional, atualmente é professor na rede privada de ensino. Cursou 'Game Design: Art and Concepts' no California Institute of the Arts (CalArts) e gerencia a Gamecubo, espaço de oficinas e cursos, reflexão e debates sobre práticas inovadoras na área de ensino-aprendizagem.

Ver artigos

Avalie esse artigo


Assine nossa Newsletter