Desafios e práticas da nova gestão escolar

Há muitos desafios na gestão escolar, mas para cada um, existem novas e boas soluções para gestores e equipe pedagógica trabalharem.


Desafios e práticas da nova gestão escolar

As mudanças são inerentes à sociedade. Tudo está em constante mudança e, para sobreviver, precisamos nos adaptar. O mesmo acontece em momentos como este, de pandemia. Não adaptar, por exemplo, a gestão escolar a este novo cenário é colocar em risco a formação de seres humanos.

Afinal de contas, esse é o papel principal da escola: formar seres humanos melhores para a sociedade. Não só para o mercado de trabalho, mas para a vida. Pessoas capazes de sentirem empatia, de ter respeito ao próximo e tudo mais que precisamos para ter uma vida adulta da melhor forma possível.

Porém, há alguns desafios que são inerentes à gestão escolar e que as equipes administrativa e pedagógica precisam enfrentar. Vejamos abaixo quais são eles e como resolvê-los da melhor forma possível. Confira!

 

Principais desafios para uma boa gestão escolar

Associar a tecnologia à sala de aula

Isso nunca foi tão urgente quanto agora. Na verdade, já se fala sobre isso há algum tempo, mas muitas escolas foram deixando essa integração para depois.

Porém, com a pandemia, foram forçadas a unir tecnologia com a sala de aula. Afinal de contas, muitas escolas estão funcionando com um sistema EAD e, para isso, muitos processos e equipe de gestão precisaram se adaptar rapidamente a essa nova realidade.

A pandemia veio para deixar bem clara a urgência da integração entre a tecnologia e a escola. Provavelmente, quando o isolamento social acabar, as escolas passarão a investir mais em recursos tecnológicos já que todos puderam sentir na prática o quanto eles são úteis. E não só para a sala de aula, mas para a gestão da escola como um todo.

Há muitas ferramentas que ajudam a escola em diversos aspectos. Por exemplo, para concentrar todas as informações relevantes da rede de ensino, tanto de alunos quanto de professores.

 

Manter um bom fluxo financeiro

Controlar as finanças pode ser uma das partes mais difíceis do trabalho de um gestor, especialmente se estamos falando de uma grande instituição de ensino ou rede de escolas. Manter as finanças em dia pode ser um grande desafio, principalmente pela questão da inadimplência de alguns pais no pagamento das mensalidades, professores que faltam e assim por diante.

A melhor forma de resolver isso é mantendo uma atualização constante das entradas e saídas. Você pode anotar tudo de forma manual em uma folha por dia e, ao final desse dia, atualizar numa planilha ou em um sistema financeiro próprio. Ou então já pode usá-lo diretamente facilitando a gestão escolar.

 

Lidar com a evasão escolar

Outro ponto que tem a ver também com a gestão financeira da escola. Quanto maior a evasão, menores serão os lucros da empresa. E assim, menor será o investimento em novas tecnologias e infraestrutura.

Para lidar com esse problema, a primeira coisa a se fazer é entender por que os alunos estão deixando a escola.

E podem existir vários motivos como:

Dificuldade no aprendizado;

Problemas financeiros da família;

Aluno com necessidades especiais;

Bullying ou assédio;

Problemas familiares.

É importante que não só o gestor como também a equipe pedagógica estejam atentos a isso.

Identificado o problema, é hora de pensar em uma solução. Por exemplo, se há uma dificuldade no aprendizado, talvez marcar aula extras possa ser a solução. Se for por problemas financeiros, chamar os responsáveis e entender a situação para oferecer algum desconto ainda que temporário pode ajudar.

 

Delegar tarefas

Alguns gestores encontram grande dificuldade em delegar tarefas, o que é de grande importância para uma boa gestão escolar. Muitas vezes, acreditam que são os únicos que podem fazer um determinado serviço quando, na verdade, existe muita gente competente — às vezes dentro da própria equipe — que pode ajudá-lo e quem sabe, fazer um trabalho ainda melhor.

Se sobrecarregar com as demandas é algo ainda pior. Isso gera um grande transtorno emocional (o que pode afetar a realização de um bom trabalho) e o gestor pode simplesmente não dar conta. Assim, quem perde é a escola, os alunos e toda a equipe.

Você pode contratar uma outra pessoa ou delegar tarefas dentro da própria equipe. Usar ferramentas tecnológicas de gestão também é uma ótima ideia e que oferece um excelente custo-benefício.

São muitos os desafios para uma boa gestão escolar, mas é possível vencê-los um por um. Para isso, é importante que haja um entendimento de que o problema é de todos e não só do gestor. Todos podem contribuir para o bom desenvolvimento da instituição e dessa maneira todos têm a ganhar.

Quer mais dicas de como cuidar melhor da sua escola, equipe e alunos? Então, assine a nossa newsletter!

Aproveite e baixe gratuitamente o nosso eBook Planejamento Escolar: o que não pode faltar?


Portal Planneta Educação

Portal Planneta Educação

Ver artigos

Avalie esse artigo


Assine nossa Newsletter
AVISO DE COOKIES
Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, para permitir o funcionamento adequado deste site, bem como cookies de personalização, análise, publicidade e criação de perfis com base nos hábitos de navegação do usuário. Mais detalhes podem ser acessados em nossa Política de Privacidade.
Continue navegando para aceitar os cookies.
CONTINUAR