A relação entre a Capoeira e os Jogos Cooperativos: conheça uma atividade para praticar em casa e na escola

A capoeira e os jogos cooperativos podem ser utilizados como instrumento educacional. Entenda a relação entre os dois e conheça uma atividade para praticar.


A relação entre a Capoeira e os Jogos Cooperativos: conheça uma atividade para praticar em casa e na escola

O que é a Capoeira?

A capoeira nascida no Brasil surgiu como uma luta de resistência dos negros escravizados trazidos de várias regiões da África. Como refúgio para a dor e também como preparo para um possível embate, os negros se uniam no pouco tempo que tinham para jogar capoeira em rodas e assim se comunicarem.

Hoje a capoeira é usada como um instrumento educacional. Ela é praticada em diversos lugares, entre eles no ambiente escolar como forma de aprendizado e disciplina.

Foi reconhecida como esporte nacional através de uma apresentação feita pelo mestre Bimba (Manoel dos Reis Machados) em 1937, para o então presidente Getúlio Vargas que a valorizou e declarou a partir de então como esporte nacional. 

A capoeira além de ser uma arte marcial genuinamente brasileira, ainda conta com a musicalidade, repertório único, expressão corporal (palmas) e interpretação cultural.     

Esta cultura afro-Brasileira tem várias características educacionais que podem ser utilizadas no processo de ensino aprendizagem, trabalhando juntamente com outras disciplinas e atividades, como os jogos cooperativos.

 

O que são Jogos Cooperativos?

Os jogos cooperativos são atividades realizadas em grupos de coletividade, onde é visto o outro que joga, como um parceiro e não como um adversário, despertando assim o espirito de cooperação, confiança e a resolução de tarefas e desafios com o envolvimento de todos.

Não é um jogo de eliminações ou perdedores, e nem exclusões, ganham todos, pois o que mais importa é o que cada um tem para oferecer durante o jogo.

Os jogos cooperativos têm um papel fundamental na Educação, pois através dele, entendemos que precisamos aceitar as pessoas como elas são, inclusive com suas limitações.

Não são apenas jogos lúdicos, são experiências e aprendizagens que levamos para a vida toda, como a união para alcançar metas, trabalho em equipe, respeito ao próximo e respeito a diversidade.

 

A relação entre a Capoeira e os Jogos Cooperativos

Ambas são disciplinas complementares para a aprendizagem e formação de caráter, sendo que o importante em uma roda de capoeira ou um jogo de cooperação é o respeito e a tolerância.

Em um jogo cooperativo precisamos uns dos outros para alcançar o resultado, e na capoeira também precisamos da interação de todos, sendo em roda e palmas, sendo na bateria ou mesmo os dois parceiros que estão jogando dentro da roda.

Para concluir: são modalidades esportivas de inclusão, respeito e parceria. Veja um exemplo de atividade que envolve os dois a seguir.

 

Atividade que envolve a Capoeira e os Jogos Cooperativos

Nome da atividade: Copooperação. Objetivo: Trabalhar a coordenação motora, cooperação, respeito e agilidade.

Descrição: Separe os alunos em duas equipes iguais (quantidade de crianças). Nomeie as equipes Ex: Pandeiro e Atabaque. Feito isso distribua para cada equipe uma bexiga e marque os integrantes na testa ou na mão com uma cor diferente cada equipe. Ex: Pandeiro cor azul e Atabaque cor amarela. O professor também terá consigo uma bexiga de cor diferente á das equipes. Feito isso, vamos para a atividade.

Para quebrar o gelo o professor fará alguns movimentos da capoeira como queixada, armada etc. Estes movimentos serão feitos com a bexiga lançada no alto e a mesma não poderá cair no chão. Os alunos então ficarão um de frente para o outro, sendo um de cada equipe. Ao comando do professor, farão os movimentos pedidos e não poderão deixar a bexiga cair no chão.

Se o integrante da equipe azul (Pandeiro) estourar o balão da equipe amarela (Atabaque) passará então a integrar a outra equipe onde começarão a gingar juntos, segurando o balão que sobrou.

Quando todas as duplas estiverem gingando, se tornarão uma só equipe (pode ser colocado tempo para as duplas), que formarão uma roda de capoeira onde as duplas não poderão deixar as bexigas caírem e nem estourarem para que todos entendam o valor da cooperação para alcançar o objetivo.

 

Adaptação da atividade para se fazer em casa

Com uma bexiga cheia, ou algum outro objeto, execute os movimentos da capoeira com a bexiga na mão, sem precisar colocar ela no ar.

Por exemplo, na execução de uma queixada, segure a bexiga com uma mão à frente do seu corpo, com os braços estendidos, passe a queixada da altura da bexiga sem encostar na mesa. Na execução de uma benção, o pé encosta na bexiga.

Em todos os movimentos que realizar a bexiga tem que estar na mão, assim terá a percepção de um adversário, sempre olhando para ela.

Gostou dessas dicas? Continue no Portal Planneta Educação para mais conteúdos educativos!

Confira agora mesmo todos os eBooks especiais que desenvolvemos para te ajudar ao longo desse ano!


Simoni Aparecida Nascimento Pinheiro

Simoni Aparecida Nascimento Pinheiro

Formada em Educação Física, pratica capoeira desde criança, estudou em escola com participação de projeto de capoeira, trabalha em projeto aplicando também aulas de jogos cooperativos. Desde 2015 atua aplicando aula de capoeira no projeto de educação de tempo integral na cidade de Osasco.

Ver artigos

Avalie esse artigo


Assine nossa Newsletter
AVISO DE COOKIES
Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, para permitir o funcionamento adequado deste site, bem como cookies de personalização, análise, publicidade e criação de perfis com base nos hábitos de navegação do usuário. Mais detalhes podem ser acessados em nossa Política de Privacidade.
Continue navegando para aceitar os cookies.
CONTINUAR