Música na Educação Infantil: por que você deve utilizar

Você usa música na educação infantil? Veja os benefícios de adotar essa prática e dicas!


Música na Educação Infantil: por que utilizar

Você, provavelmente, já se esqueceu de muitas coisas vividas na época da escola. Mas há uma memória que costuma permanecer: a música que era cantada durante a educação infantil. 

Seja ela na hora do recreio ou da chegada à escola, a música costuma ser tão marcante que, mesmo os pais que são educadores, acabam ensinando o que aprenderam durante a educação infantil para os seus filhos. 

Embora essa parte nostálgica seja de suma importância, afinal, liga a educação a algo agradável, essa não é a única função da musiquinha no ambiente escolar. Quando bem usada, ela pode ser uma ótima ferramenta de aprendizagem. 

Veja os benefícios de usar música na educação infantil e dicas para aplicá-la! 

Material grátis: Como usar as Metodologias Ativas em benefício da escola!

 

Benefícios da música na educação infantil

Por que usar música na educação infantil? Os benefícios são inúmeros e vão desde melhorar o vocabulário, até colaborar para o desenvolvimento socioafetivo. Veja as principais vantagens de ensinar música para os pequenos durante a aula! 

Ensinar a ter foco

Quando a música é ensinada para as crianças, é fato que elas pulam e se divertem muito. No entanto, ao mesmo tempo, os pequenos param o que estão fazendo e buscam aprender a letra, a melodia ou até uma dança ensinada pela professora. Com o tempo, eles acabam entendendo que para aproveitar algo novo, é preciso deixar o restante de lado e focar na atividade.

Ampliar o vocabulário

Claro que a música ensinada na educação infantil tem palavras simples e adequadas para a idade. Entretanto, sempre há algo novo, que o pequeno ainda desconhece, e que a professora pode mostrar o significado. Assim, essa maneira divertida de ensinar também ajuda o aluno a ampliar o vocabulário. 

Desenvolve a criatividade

A interação com a sonoridade também ajuda a desenvolver a criatividade. E isso fica fácil de ser percebido no dia a dia já que é comum que os pequenos comecem a criar as suas próprias letras e melodias, quando estimulados.

Fornece conteúdo cultural

Há inúmeras músicas que podem ser adotadas na educação infantil e que fazem parte da cultura brasileira. Além disso, muitas delas são folclóricas e podem ser usadas como ganchos para trabalhar essas histórias. 

Expressão corporal

Além das letras e do ritmo, comumente o docente ensina uma dança. Isso ajuda os pequenos a desenvolverem a expressão corporal. Sem contar que, dependendo da música e da coreografia, ainda promove a atividade física. É o caso, por exemplo, de uma música sobre pular corda. 

Promove o desenvolvimento socioafetivo

A música também é uma forma de expressão e de liberar as emoções. Quando trabalhada na educação infantil, ela ajuda a criança a expressar o sentimento. Sem contar que ainda promove a cooperação entre os estudantes, bem como estimula as atividades em grupo. 

 

Dicas para utilizar a música na educação infantil

Com tantos benefícios, a importância da música na educação infantil pode ser facilmente percebida. Por isso, é importante que, sempre que possível, o professor adote essa prática em sala de aula.

Afinal, não é preciso ensinar um instrumento ou ser cantor. Basta escolher a música certa para a idade e trabalhá-la da melhor forma. Veja algumas dicas para fazer isso! 

Música ao chegar

Quem dá aula pela manhã sabe que, muitas vezes, os alunos chegam ainda com sono na escola. Uma maneira de estimulá-los é começar o dia com uma musiquinha. Para os maiores, com 5 ou 6 anos, o professor poderá até adotar uma música por dia da semana.

Isso, além de deixá-los mais atentos e animados, também permitirá incluir a música na educação infantil de forma natural. 

Coreografias são interessantes

Depois de ensinar a letra e a melodia para atuar, é interessante que o professor também adote uma coreografia. Mesmo quando são movimentos simples, com as mãos, essas atividades já ajudam no desenvolvimento da coordenação motora.

Ligue o som

Além de ensinar letras, danças e melodias, é interessante colocar música para tocar. Separe algumas canções infantis e coloque em sala, quando as crianças estiverem brincando. Isso ajuda a estimular a criatividade ao promover um ambiente mais lúdico.

Alterne o andamento das músicas

A mesma musiquinha, que foi ensinada mais rápida, pode ser cantada mais lenta. Isso ajuda a ensinar os pequenos sobre o andamento das músicas. Essa atividade, de cantar em dois andamentos, pode ser feita na sequência e dada aos alunos como um desafio. 

Na educação infantil, as músicas podem ser muito mais do que diversão. Elas se tornam uma ferramenta importante em sala de aula, que ajudam no desenvolvimento de diversas habilidades. 

Mas é claro que, nas demais fases escolares, as músicas também podem ser grandes aliadas. Veja como usar a música para trabalhar o tema de empoderamento feminino em sala de aula.

Esse artigo te ajudou? Compartilhe com um amigo e pesquise outros temas no Portal Planneta Educação!

Aproveite hoje o acesso liberado de todos o nossos Materias Educativos Exclusivos!


Portal Planneta Educação

Portal Planneta Educação

Ver artigos

Avalie esse artigo


Assine nossa Newsletter
AVISO DE COOKIES
Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, para permitir o funcionamento adequado deste site, bem como cookies de personalização, análise, publicidade e criação de perfis com base nos hábitos de navegação do usuário. Mais detalhes podem ser acessados em nossa Política de Privacidade.
Continue navegando para aceitar os cookies.
CONTINUAR