Como realizar um planejamento estratégico no retorno às aulas

Ter um planejamento estratégico é essencial para sua escola em qualquer momento, mas especialmente neste.


Como-realizar-um-planejamento-estrategico-no-retorno-as-aulas-mulher-com-notebook

O retorno às aulas será um pouco diferente agora. Depois da pandemia da Covid-19, muita coisa vai mudar e a sua escola precisa estar preparada para isso. A qualquer momento, pode sair uma autorização do governo para o retorno às escolas e a melhor forma de fazer isso é por meio de um planejamento estratégico. 

A interrupção das aulas foi bastante abrupta e quase todos foram pegos de surpresa. Muitos não conseguiram se planejar e foi aquele corre corre para colocar tudo em ordem e continuar oferecendo as aulas, mesmo que a distância. 

Mas o retorno pode e deve passar por um planejamento estratégico e é exatamente para ajudá-lo nisso que fizemos abaixo uma lista com ideias sobre o assunto. Confira!

6 dicas de planejamento estratégico para o retorno às aulas

1. Faça uma gestão de ensino remoto

O que já foi dado nas aulas a distância? Quanto de carga horária já foi passado? O que falta? O que pode continuar sendo ofertado de modo on-line? 

Você precisa ter todas essas informações muito bem organizadas, pois é um grande volume de dados. Isso vai ajudá-lo, por exemplo, a evitar que aulas sejam dadas de forma repetida. Assim, todos os assuntos já ministrados precisam estar listados e também o que foi dado em cada uma dessas aulas.

Confira também algumas dicas de como usar a tecnologia para fazer a gestão do ensino!

2. Monte um plano de recuperação

É o momento de saber e registrar quais foram a dificuldades apresentadas pelos alunos durante as aulas a distância. O que foi previsto de aprendizado por parte dos alunos, mas que não foi conquistado pela equipe pedagógica. Esses pontos precisam ser sanados para evitar que essas dúvidas e dificuldades se arrastem e assim, eles apresentem dificuldade nos novos assuntos.

A escola pode usar justamente as aulas on-line sobre os assuntos para que os alunos consigam identificar o ponto exato no qual ficaram com dúvida. Você também pode reservar um local e um horário para que isso seja feito.

3. Estruture um plano de reposição

O plano de reposição deve ser utilizado para colocar em dia aquele que ficou atrasado por conta da quarentena. Essa etapa precisa fazer parte do seu planejamento estratégico.

Você pode até mesmo dividir os assuntos e dar prioridade, por exemplo, àqueles assuntos considerados essenciais e que serão necessários para o aprendizado de novos assuntos no novo ano letivo. Os outros, ou seja, os assuntos secundários podem ser ofertados após os essenciais.

4. Elabore um cronograma

O que seria de um planejamento estratégico sem um cronograma? Na verdade, o ideal é que esse seja o primeiro passo a ser colocado em prática e você deve definir, pelo menos, a data de início das aulas. Ter uma data ajuda a dar uma orientação melhor quanto a todo o cronograma.

Você pode ajustar essa data depois conforme a posição do Governo Federal sobre o assunto, basta manter a mesma proporção de tempo.

Você pode conseguir uma estimativa dessa data junta às autoridades municipais ou estaduais. Como estamos em um período um tanto conturbado, o replanejamento deve se tornar algo comum dentro do planejamento.

5. Faça uma avaliação diagnóstica

Mesmo em aulas presenciais pode ser complicado ter alunos com o mesmo desempenho no aprendizado. Aprendemos de formas diferente: uns aprendem mais ouvindo, outros lendo e assim por diante. Essa diferença pode ser ainda mais intensa quando se fala em aulas a distância.

Quando os alunos voltarem para as aulas presenciais é bem provável que você precise fazer esse diagnóstico de forma ainda mais atenta. Essa avaliação deve ser feita com base nos assuntos que foram ofertados e nos que foram previstos para o ano letivo. Lembre-se que a compreensão de um assunto é essencial para que o aluno tenha a possibilidade de entender novos assuntos que virão.

6. Reveja o planejamento anual

Você vai precisar dar uma boa olhada no planejamento que foi feito para 2020. Quais atividades foram pensadas para este ano letivo que ficaram impossibilitadas de serem feitas ou que podem ser deixadas para o próximo ano? Quais delas podem ser modificadas para que se encaixem nesse novo modelo de aprendizado?

Sabemos que datas comemorativas como São João e feriados como 7 de setembro são datas esperadas tanto pelos anos quanto pelos pais. Porém, com a situação atual, o ideal é enxugar essas datas para evitar acúmulo de matérias que não foram dadas no início da pandemia quando ainda não se sabia o que fazer.

Viu como ter um planejamento estratégico é de grande importância para a sua escola no retorno às aulas presenciais? Reúna-se com a sua equipe pedagógica (reunião virtual é claro) e comece a estabelecer o seu planejamento. Quanto antes essas dicas forem colocadas em prática, melhor para a sua equipe, para os seus alunos e para as famílias deles.

Quer saber mais sobre planejamento estratégico? Veja também nosso conteúdo sobre a importância de traçar os rumos da sua escola!


Portal Planneta Educação

Portal Planneta Educação

Ver artigos

Avalie esse artigo


Assine nossa Newsletter