5 ideias para trabalhar o conteúdo virtual no ensino híbrido

E agora? Como trabalhar o conteúdo virtual no ensino híbrido? Veja dicas de ideias e deixe a sua aula mais atraente!


5 ideias para trabalhar o conteúdo virtual no ensino híbrido

O ensino híbrido já vinha sendo adotado por várias escolas, mas em 2020, ele ocupou um grande espaço. É que devido à pandemia, todos os professores precisaram começar a dar aulas a distância, para manter o distanciamento social. Claro que, para isso, todos os profissionais tiveram que colocar a criatividade para funcionar, ainda mais. Afinal, como fazer uso dessas ferramentas digitais, do dia para a noite, e ainda deixar a aula atrativa? 

Diversificar o conteúdo virtual é muito importante, para que os estudantes se mantenham ativos e atraídos por esse tipo de metodologia. E, como ela deverá continuar a ser usada, mesmo com o retorno gradual do ensino presencial, nós decidimos separar algumas dicas para que você possa explorar o ensino híbrido com mais facilidades.

São ideias práticas, que podem ser úteis tanto durante a pandemia, quanto no retorno ao estudo. Afinal, depois de toda essa “invasão” digital na maneira de trabalhar, ficará quase impossível não usar essas ferramentas no próximo ano, não é mesmo? Confira algumas ideias e bom trabalho! 

 

O que é o ensino híbrido? 

Antes de listar algumas ideias para você pôr em prática, é importante recordar o que é o ensino híbrido. Em suma, essa metodologia visa combinar atividades off-line com as on-line, ou seja, parte do conteúdo é fornecido de forma virtual. Já nos encontros presenciais, o professor atua como um mediador, sana dúvidas e trabalha as competências socioemocionais

Para isso, no geral, a parte presencial acontece depois do estudante ter acesso ao conteúdo abordado on-line. Dessa forma, ele já chega à sala de aula portando conhecimento e preparado para a complementação da aprendizagem. 

A ideia é poder abordar o mesmo assunto, de diferentes maneiras, para oferecer várias formas de aprendizagem e entendimento do conteúdo. No final de um ciclo, o aluno tem tido acesso à aula expositiva, vídeos, leituras, entre outros formatos, que se complementam e tornam mais simples, para o aluno, o entendimento do tema proposto.

Ao mesmo tempo, com o ensino é virtual, o estudante tem mais autonomia. Ele pode fazer o seu próprio horário e até retomar uma explicação on-line, quantas vezes precisar, para sanar as dúvidas. 

Assim, a adoção do ensino híbrido costuma ajudar a transmitir o conhecimento e melhorar a aprendizagem. Entretanto, para que todas essas aulas a distância sejam bem aproveitadas, elas precisam ser diversificadas. As dicas listadas visam oferecer alternativas de estrutura de conteúdo digital para os professores! 

 

Dicas de atividades para realizar no ensino híbrido

Está sem ideia de conteúdo on-line para disponibilizar para os alunos? Veja dicas práticas e inove! 

Laboratório 

É muito mais fácil aprender e ensinar ciências quando é possível ver o que acontece. Por isso, uma dica é realizar experiências em laboratório, filmar e disponibilizar para os alunos, de forma virtual. Se possível, use materiais que sejam fáceis de encontrar e que não sejam perigosos, para que o estudante, se quiser, possa reproduzir em casa. 

Palestra

Os alunos adoram receber o conhecimento do professor. Entretanto, quando eles têm acesso a alguém que aplica tudo o que eles aprendem na escola na prática, costumam se entusiasmar mais. Isso pode ser usado nas aulas virtuais do ensino híbrido. 

Converse com outros profissionais, para que façam gravações curtas, contando um pouco sobre o dia a dia da profissão. Isso pode ser usado como gancho, para que o restante do conteúdo seja abordado. Veja algumas ideias de temas:

  • Literatura: peça para que um escritor da cidade conte um pouquinho sobre como ele estrutura um livro ou sobre a rotina criativa;
  • História: converse com as pessoas que trabalham no museu local, para que elas apresentem algumas peças e falem um pouco sobre a preservação daqueles itens;
  • Meio ambiente: entre em contato com profissionais do IBAMA, da polícia florestal ou afins, para que eles abordem temas como o tráfico de animais silvestres, em um vídeo;
  • Pandemia: nada melhor para ensinar sobre vírus ou epidemiologia, por exemplo, do que abordando um tema atual. Converse com um enfermeiro ou médico e peça para que contem como está a rotina no hospital da sua cidade;
  • Animais: falar sobre os pets pode servir tanto para discorrer sobre zoonoses, vacinação e cuidados, quanto para ensinar o estudante a fazer operações matemáticas básicas. Converse com um médico-veterinário e peça para ele gravar um vídeo. Para a aula de matemática, por exemplo, o profissional pode falar sobre cálculo de ração ou como determina a quantidade de vitamina que um cachorro tem que tomar.

Essas são apenas algumas sugestões de temas que podem ser abordados. Trazer alguém novo para conversar com os alunos, além de deixar o momento atrativo, ainda agrega informações e apresenta a eles novas profissões. 

Notícias

Seja em vídeos ou escritas, notícias também podem ser usadas para enriquecer o conteúdo on-line. Pesquise algo relevante para a temática e sugira que os estudantes assistam ou leia. As próprias emissoras disponibilizam vídeos de matérias transmitidas no jornal, de forma gratuita. Use isso para ensinar! 

Games

Desafie o estudante a jogar on-line. Você pode tanto oferecer um game educacional que esteja pronto, quanto criar cruzadinhas virtuais, com temas que envolvam o conteúdo abordado em aula. Quiz também é uma boa opção para ajudar a fixar o conteúdo. 

Saiba mais sobre essa dica no nosso eBook Gamificação no processo pedagógico!

Músicas

Quer algo mais divertido do que ouvir música enquanto estuda? No Youtube há clipes dos mais variados artistas. É possível tanto trabalhar a interpretação de textos, quanto gramática, ao analisar as letras. 

Os professores de história, podem ajudar o estudante a analisar o conteúdo de uma música que era famosa na época estudada, e mostrar como ela aborda temas importantes para o período. Isso, sem contar que há canções com temáticas tão diferentes, que podem ser interessantes para iniciar discussões sobre temas diversos como, por exemplo, agronegócio, rotina de trabalho ou questões ambientais. 

Todas essas atividades podem ser adaptadas para diferentes idades. No entanto, os alunos que estão em fases de alfabetização precisam de suporte familiar. Veja dicas de atividades que os pais podem realizar em casa com essas crianças!

No Portal Planneta Educação você encontra muitas outras dicas que podem te ajudar!

Aproveite e baixe gratuitamente o eBook Ensino Híbrido: necessidade no mundo pós-pandemia!


Portal Planneta Educação

Portal Planneta Educação

Ver artigos

Avalie esse artigo


Assine nossa Newsletter
AVISO DE COOKIES
Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, para permitir o funcionamento adequado deste site, bem como cookies de personalização, análise, publicidade e criação de perfis com base nos hábitos de navegação do usuário. Mais detalhes podem ser acessados em nossa Política de Privacidade.
Continue navegando para aceitar os cookies.
CONTINUAR