Minha escola retornou às aulas presenciais, e agora?

Veja dicas para voltar às aulas presenciais e manter a saúde física e emocional em dia!


Minha escola retornou às aulas presenciais, e agora?

As aulas presenciais já são uma realidade em escolas públicas e particulares, mesmo com a vacinação longe de chegar a todos. Com isso, é comum que os professores fiquem com receio de voltar ao trabalho. Afinal, depois de tanto tempo afastado e protegido em casa, como será retomar as atividades? 

É comum que nesse processo de retorno ao trabalho, os profissionais fiquem ansiosos e inseguros. No entanto, é preciso buscar tarefas que auxiliem a manter a saúde mental e, consequentemente, ajudem a evitar a ansiedade e o estresse nesse retorno ao trabalho. 

Saiba mais: Competências Socioemocionais: como trabalhá-las no Ensino Híbrido!

 

Aulas presenciais: insegurança x problemas no trabalho

As emoções negativas como tristeza, medo e solidão são comuns em situações adversas, como acontece durante a pandemia. Isso favorece o desenvolvimento de crises de ansiedade e de quadros de estresse. 

Claro que, além do risco biológico aos quais todos os que retornam ao trabalho estão expostos, há outros fatores que fazem com que a volta às aulas presenciais possa deixar o professor preocupado. Dentre eles:

  • A possibilidade de colocar a família em risco;
  • Não ter com quem deixar o filho, que ainda não voltou para a creche;
  • O acúmulo de tarefas, já que, no geral, o trabalho com o cuidado com os filhos aumentou, pois eles passam 24 horas por dia em casa;
  • Perda de entes queridos que foram vítimas do coronavírus;
  • Dificuldades financeiras, entre outros. 

Saiba mais: Como melhorar a comunicação entre Família e Escola!

 

Pesquisa fala sobre o estresse e o trabalho

Todos esses fatores, somados ao retorno das aulas presenciais, são negativos não apenas para a saúde mental, mas para a produtividade. De acordo com um estudo que foi feito na China e nos Estados Unidos, indivíduos com altos níveis de estresse durante a pandemia acabam tendo um envolvimento menor com o trabalho. 

A pesquisa foi publicada no Journal of Applied Psychology e contou com a participação de 163 trabalhadores, que atuam em uma empresa de tecnologia. Além da relação entre o estresse e a produtividade, eles descobriram que quando o gestor do local se preocupa com o bem-estar da equipe, mesmo estressadas, essas pessoas acabam se tornando engajadas. 

Então, ao pensar em voltar às aulas presenciais, é importante que o professor encontre um ambiente acolhedor e preparado para que ele possa exercer a sua profissão, com o menor risco possível. Entretanto, ao mesmo tempo, é preciso que o profissional busque maneiras de diminuir o seu estresse e as suas angústias, para que possa chegar ao ambiente educacional emocionalmente estável e sabendo lidar com os conflitos internos.

Saiba mais: Planejamento Escolar: o que não pode faltar!

 

Dicas de como lidar com a tensão causada pela volta às aulas presenciais 

  1. Veja o lado bom do retorno às aulas presenciais e foque em encontrar os colegas e ter uma rotina mais próxima ao “normal”;
  2. Tenha todos os cuidados necessários como a higienização das mãos, dos sapatos e o uso de máscaras. Isso ajudará você a se sentir mais seguro. Afinal, estará se protegendo e, consequentemente, evitando a infecção pelo coronavírus;
  3. Ouça e converse com os colegas. A empatia entre os profissionais é essencial para que todos ministrem as aulas presenciais se sentindo amparados;
  4. Informe-se, mas limite a quantidade de notícias ruins que lê durante o dia;
  5. Alimente-se bem;
  6. Durma pelo menos oito horas por dia, pois o sono é um grande aliado de uma mente saudável;
  7. Divirta-se em casa, seja assistindo filmes, séries ou lendo um bom livro. A distração é importante;
  8. Mantenha contato com amigos e familiares por meio de aplicativos de mensagens ou vídeo chamadas;
  9. Faça exercícios físicos em casa ou saia para caminhar em locais com pouca gente. Isso ajuda a manter a mente mais calma. Sem contar que a atividade física induz à produção de serotonina, hormônio do bem-estar; 
  10. Medicação e auto-hipnose podem ser atividades positivas, que ajudam a controlar a mente e a diminuir a ansiedade. Pratique;
  11. Divida as suas angústias com amigos e parentes. Desabafar faz bem;
  12. Evite o consumo de cigarro e bebidas alcoólicas em excesso; 
  13. Se possível, fique em contato com a natureza;
  14. Ouça música e dance;
  15. Caso se sinta muito angustiado, não hesite em procurar ajuda profissional. Psiquiatras e psicólogos podem auxiliar o profissional a retomar a sua rotina com menos sofrimento. 

Resumidamente, para que a volta às aulas presenciais seja menos traumática e mais prazerosa, é preciso saber como gerenciar as emoções. Confira 15 dias de gerenciamento das emoções para professores

Você também pode tirar outras dúvidas pesquisando no Portal Planneta Educação!

Garanta hoje o seu eBook Ensino Híbrido: necessidade no mundo pós-pandemia!


Portal Planneta Educação

Portal Planneta Educação

Ver artigos

Avalie esse artigo


Assine nossa Newsletter
AVISO DE COOKIES
Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, para permitir o funcionamento adequado deste site, bem como cookies de personalização, análise, publicidade e criação de perfis com base nos hábitos de navegação do usuário. Mais detalhes podem ser acessados em nossa Política de Privacidade.
Continue navegando para aceitar os cookies.
CONTINUAR