Ensino híbrido em 2022? Como se preparar!

O ensino híbrido fará parte da rotina dos profissionais da educação em 2022. Veja dicas para preparar a escola!


Ensino-hibrido-em-2022-como-se-preparar

O ano de 2022 será marcado por acolhimento, cuidados sanitários e muitos desafios na educação. Além da necessidade de rever o conteúdo e deixar pais e alunos confortáveis, as instituições de ensino terão que encontrar o melhor caminho na hora de ensinar. E é nesse momento que muitas vão optar pelo ensino híbrido. 

Em alguns casos, o ensino híbrido será usado em toda a escola, para diminuir a concentração de alunos dentro da sala. Em outros, as atividades remotas servirão como complementação. Nesse caso, elas terão como principal função ajudar a nivelar os alunos, em relação ao conteúdo.

Há ainda as instituições que já vão ficar atentas a possíveis imprevistos durante o ano. Afinal, se o distanciamento se fizer necessário novamente, a adoção do ensino híbrido também acabará sendo a solução.

Seja qual for o caso, é importante ficar atento e se preparar para o ensino híbrido em 2022. Veja dicas para estar pronto! 

Saiba mais: 5 ideias para trabalhar o conteúdo virtual no ensino híbrido!

 

Dicas para se preparar para o ensino híbrido em 2022

Mesmo que a sua escola não vá adotar o ensino híbrido integralmente, é importante que todos estejam preparados para caso uma mudança seja necessária. Veja dicas do que fazer! 

Material grátis: Currículo Escolar: como elaborá-lo e adaptá-lo à BNCC?

 

Equipe a instituição de ensino

O primeiro passo é oferecer as ferramentas que o professor precisa para poder atuar remotamente. Afinal, em 2020 tudo foi improvisado e o docente precisou usar a sua casa, o seu computador e a sua câmera para poder ministrar aula remotamente.

No entanto, com o retorno das atividades presenciais, o professor poderá fazer tudo isso na instituição de ensino. Assim, cabe ao colégio fornecer os instrumentos de trabalho como, por exemplo:

  • Computador;
  • Câmera;
  • Internet de qualidade;
  • Plataforma adequada para ministrar a aula remota, entre outros.

Saiba mais: Formação Continuada e tecnologia: como se manter atualizado!

 

Treine a equipe

Por mais que os professores já tenham trabalhado com aulas remotas por quase dois anos, é preciso que eles adquiram mais conhecimento quanto ao ensino híbrido. Por isso, a escola deve investir em cursos de aperfeiçoamento e treinamentos.

Como os cuidados sanitários relacionados à pandemia do coronavírus e ao H3N2 continuam, esse treinamento pode ser remoto. Vale ressaltar que além de curso sobre o ensino híbrido, é importante que a escola forneça aulas sobre, por exemplo:

  • Gravação de vídeo para internet;
  • Edição de imagem;
  • Edição de vídeo;
  • Uso da plataforma virtual adotada pela instituição, entre outros. 

Esses cuidados são essenciais para que a adoção do ensino híbrido alcance os resultados desejados. No entanto, também são essenciais para que os docentes se sintam preparados para executar a sua função da melhor maneira possível. 

Saiba mais: Dicas para engajar o professor no uso da tecnologia em aula!

 

Defina o objetivo

Além de preparar todos e equipar a escola, é importante definir como será realizado o trabalho. Afinal, o conteúdo anual será ofertado na modalidade de ensino híbrido ou as aulas remotas vão ser usadas para a revisão do conteúdo dos anos anteriores?

Claro que tudo isso deverá ser definido no planejamento. Assim, é importante deixar claro e definir quais atividades serão on-line e quais serão presenciais. 

 

Escute os alunos e a família

Para ajudar nesse planejamento e superar o desafio do ensino híbrido de 2022, é preciso considerar a experiência dos anos anteriores. Assim, é importante o debate entre os professores, mas também é preciso escutar os alunos e as famílias.

Afinal, eles também têm essa experiência de quase dois anos e, certamente, encontraram dificuldades. Os apontamentos feitos por esses grupos poderão ajudar a escola a se preparar para o ensino remoto em 2022. 

Saiba mais: Família, Escola e Comunicação: a tríade para a educação de qualidade!

 

Diversifique 

As aulas gravadas pelo professor e disponibilizadas on-line são muito importantes. No entanto, cada pessoa aprende de uma maneira e isso deve ser levado em consideração. Aproveitando o uso da tecnologia, é indicado que a instituição esteja preparada para diversificar o conteúdo. 

Para isso, é indicado ter uma plataforma virtual bem flexível, para que o docente possa ofertar diversos tipos de materiais. Além disso, é importante que o professor seja incentivado a variar. Afinal, há muitos filmes que podem ser encontrados em plataformas digitais gratuitas e podem ser usados em aula, por exemplo. Existem também:

  • músicas;
  • clipes;
  • artigos científicos, entre outros. 

É importante diversificar para aumentar a interatividade e estimular os alunos. Prepare os docentes e a instituição para isso. 

Material grátis: Ensino híbrido é uma necessidade no mundo pós-pandemia!

 

Aproxime a família da escola

Por fim, mais uma vez, é importante lembrar que quanto mais a família for próxima da escola, melhor será o aproveitamento do estudante. 

Veja como deve ser a relação entre Família e Escola no retorno às aulas em 2022!

Acesse o Portal Planneta Educação e garanta hoje todos os nossos Materiais Educativos Gratuitamente!


Portal Planneta Educação

Portal Planneta Educação

Ver artigos

Avalie esse artigo


Assine nossa Newsletter
AVISO DE COOKIES
Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, para permitir o funcionamento adequado deste site, bem como cookies de personalização, análise, publicidade e criação de perfis com base nos hábitos de navegação do usuário. Mais detalhes podem ser acessados em nossa Política de Privacidade.
Continue navegando para aceitar os cookies.
CONTINUAR