Por que é preciso inovar na educação?

A educação precisa ser modificada e melhorada a todo instante. Confira bons motivos para praticar a inovação!


Por que é preciso inovar na educação menino e pai estudando com notebook

Inovar na educação não tem a ver necessariamente com a tecnologia na escola, mas sim com um todo, ver a inovação de maneira holística. A instituição de ensino deve ir além do âmbito acadêmico, afinal de contas, as crianças não são apenas alunos. Eles também são filhos, amigos, serão adultos, pais e precisam estar preparados para isso.

Pense na sua época de escola. O que você acha que precisava mudar? O que você mudaria na sua forma de aprender? A sua escola está proporcionando essa mudança?

Há muitas tendências e propostas de inovação no campo educacional, isso porque muitos entendem a necessidade. E você? Entende a importância dessa mudança?

Confira abaixo bons motivos para começar uma verdadeira inovação na sua escola!

 

3 motivos para inovar na educação

1. Desenvolvimento de novas habilidades

O mercado de trabalho não quer apenas um currículo bonito com mil cursos, ele também quer pessoas que tenham determinadas habilidades. Elas, por sua vez, têm muito mais relação com o comportamento do que com o conhecimento técnico e teórico de algum assunto.

Desenvolver habilidades como criatividade, capacidade de resolução de problemas, comunicação, raciocínio lógico e outras são essenciais para formar um ser humano de sucesso tanto no âmbito acadêmico quanto fora dele.

2. Melhora a aprendizagem

Entender como os alunos podem aprender melhor e aplicar esses conhecimentos de forma prática é uma ótima forma de inovar na educação.

Você, como bom educador ou gestor, precisa estar atento às últimas novidades na área da educação, aos novos estudos científicos sobre o assunto e assim por diante. Entender quais são os tipos de inovação necessárias para promover o melhor aprendizado possível é fundamental.

3. Estudante como construtor do conhecimento

Outro bom motivo para inovar na educação é a transformação do estudante em mero expectador do aprendizado para construtor do conhecimento. 

Isso acontece, por exemplo, em escolas que aplicam as Metodologias Ativas. O professor deixa de ser o único detentor do conhecimento e passa a ser um facilitador dele, um tipo de guia. 

Assim, o aluno pode desenvolver habilidades como proatividade, essencial para todos os campos da vida, principalmente para o mercado de trabalho.

 

Mas como inovar na prática?

Bom, você já sabe qual é a importância de inovar na educação, mas aí vem a pergunta: como fazer isso?

Bom, existem algumas estratégias que podem ser utilizadas e vamos falar sobre elas abaixo!

Tenha uma mente disruptiva

Ter uma mente disruptiva significa quebrar paradigmas e ir além do seu tempo. Conhecemos muitas mentes assim como Galileu Galilei, Marie Curie e outras.

Eram pessoas que se contentavam apenas com o que o mundo tinha para oferecer no momento e queriam mais. Assim, trilharam os próprios caminhos sabendo que seriam capazes de alcançar o objetivo e assim, provocar uma mudança na mente das pessoas e, consequentemente, no mundo.

E você não precisa ser um super gênio para isso. Conseguir mudanças positivas independe disso. Promova projetos na sua escola que, por exemplo, os alunos encontrem formas melhores de aproveitar os alimentos que são desperdiçados. Use sua criatividade e a da sua equipe para encontrar um forma de ser disruptivo.

Use a tecnologia

Inovar na educação não tem a ver apenas com tecnologia, mas ela está inserida nesse processo.

A tecnologia consegue oferecer inovações que ajudam no desenvolvimento de diversas habilidades como a proatividade, a criatividade, resolução de problemas e assim por diante. 

Por exemplo, no uso das Metodologias Ativas, existe uma estratégia de ensino chamada de gamificação. Por meio dela, os alunos conseguem aprender de uma maneira inovadora usando jogos digitais para adquirir maior conhecimento. Certamente, para muitos, é bem mais divertido do que apenas a leitura de um material.

Baixe o nosso eBook sobre Gamificação e saiba tudo sobre o assunto!

Sala de aula invertida

Outra estratégia utilizada nas Metodologias Ativas. Na sala de aula invertida, o aluno deixa de ser um mero expectador para participar, junto com o professor, da construção do próprio conhecimento. Já existem pesquisas que comprovam mais benefícios nesse tipo de aprendizado.

É possível inovar na educação e conquistar resultados melhores para os seus alunos e, consequentemente, para sua escola. Reúna a sua equipe para ter ideias sobre inovação e como aplicar essas ideias na prática dentro das possibilidades que a sua instituição pode oferecer.

Quer mais dicas para ter resultados melhores com os alunos? Então, assine a nossa newsletter!

Continue no Portal Planneta Educação para tirar mais dúvidas educacionais!

Aproveite e baixe os eBooks Ensino Híbrido e Por que investir em tecnologia na educação!


Portal Planneta Educação

Portal Planneta Educação

Ver artigos

Avalie esse artigo


Assine nossa Newsletter
AVISO DE COOKIES
Utilizamos cookies, próprios e de terceiros, para permitir o funcionamento adequado deste site, bem como cookies de personalização, análise, publicidade e criação de perfis com base nos hábitos de navegação do usuário. Mais detalhes podem ser acessados em nossa Política de Privacidade.
Continue navegando para aceitar os cookies.
CONTINUAR